17/01/2019

O sonho de milhões de pessoas é abrir seu próprio negócio, ter sua própria liberdade, acordar mais tarde e dirigir seu empreendimento, correto? Sim! O comércio eletrônico viabilizou, de maneira mais barata tudo isso, ou seja, da sua casa, é possível administrar todo negócio, seja ele serviço ou comércio de produtos. Porém, a pergunta que vem a cabeça: por onde começo meu negócio através da internet?

Primeiro passo para todo esse sonho é começar garimpando o mercado e avaliando qual o melhor produto/serviço que o mercado está precisando. Lembre-se sempre: um produto ou serviço pode ser melhorado, mesmo que ele esteja sendo comercializado a anos no mercado. Após essa escolha, partirá para parte mais burocrática, que é a escolha de um nome e posterior registro da marca. Necessitará também de abertura da empresa junto a um escritório de contabilidade, abertura de contas em bancos, etc. Também precisarás firmar parceria com fornecedores, caso você não produza aquilo que irá comercializar. Arquitetado tudo isso, partirá para escolha de uma empresa que possa consolidar tudo isso numa plataforma de vendas, a famosa loja virtual. É importante que, na sua pesquisa, você conheça os trabalhos realizados por ela, bem como toda a tecnologia empregada dentro do e-commerce. Um dos pontos que é preciso avaliar é como se comporta com a tecnologia mobile. Nesse contexto, você já ouviu falar do termo Mobile First?

O termo Mobile First significa “Mobile Primeiro” foi usado pelo diretor de produtos do Google, Luke Wroblewski, referindo-se inicialmente para sites comuns da internet. Posteriormente ele foi usado para o comércio eletrônico e na alta venda de dispositivos móveis e por consequência dos acessos a lojas virtuais por estes dispositivos. Na década de 90 e 2000, o comércio eletrônico era basicamente acessado pelos usuários através de grandes telas de computadores, o que propriamente poderíamos chamar de “desktop commerce”. A partir do contexto de mobile first, iniciou-se um processo de criar primeiro o layout para e-commerce acessado através de celular e tablets, ou seja, se pensa inicialmente numa experiência de vendas através de dispositivos móveis. Para você ter uma ideia do quanto vem crescendo o mercado de vendas on-line através de dispositivos móveis, o blog “E-commerce Brasil publicou no primeiro trimestre de 2018 um estudo onde que, 48% das compras on-line no Brasil partiram de celulares/tablets, ou seja, esse percentual deverá aumentar consideravelmente em 2019.

Acima de tudo, além de uma ótima estruturação do seu negócio, é importante que avalie todas essas condições referentes a plataforma e também ficar atento ao comportamento dos consumidores. Com certeza diminuirá as chances do seu negócio dar errado.

Fonte:
https://www.lukew.com/ff/entry.asp?933
https://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/vendas-mobile-varejo-online-brasil/
CONFIRA MAIS POSTS
20/03/2019
Instagram Checkout: Nova ferramenta para potencializar suas vendas

O Instagram lançou nesta terça-feira (19) um novo recurso que promete potencializar suas vendas:

04/12/2018
Dezembro: O que está rolando por aí...

A Macro traz as novidades do que acontece nas feiras, tendências e dicas para você ficar por dent

20/11/2018
Novembro: O que está rolando por aí...

A Macro traz as novidades do que acontece nas feiras, tendências e dicas para você ficar por dent

17/10/2018
Fotografia de Joias: como usar para vender mais pela internet?

Imagine a seguinte cena: você está em casa, sentado em seu sofá, assistindo televisão. Nesse inst